Buscar
  • Ariel

Ejaculação Feminina

A ejaculação feminina se trata de um líquido expelido pela uretra quando as glândulas de Skene, que ficam próximas a abertura da uretra e clitóris, são estimuladas. Pelos tântricos esse líquido é chamado de amrita ( néctar dos Deuses).


Lubrificação vaginal e ejaculação feminina são coisas diferentes. Algumas mulheres produzem muita lubrificação e durante o orgasmo, com a contração da vagina, bastante líquido pode ser expelido. No entanto, a ejaculação é um fenômeno completamente diferente e só acontece durante o clímax sexual. Ao contrário da lubrificação vaginal, o fluido da ejaculação tem uma consistência aquosa e transparente.


Todas as mulheres podem ter a ejaculação, pois todas possuem as glândulas de Skene. Algumas tem mais facilidade que outras. O autoconhecimento e as práticas de exercícios tântricos podem facilitar que a ejaculação aconteça.


A sensação de expelir líquido durante o orgasmo pode ser muito boa, mas o orgasmo em si não é, necessariamente, mais intenso só por causa da ejaculação. Não há nenhuma relação direta entre a intensidade do prazer e a presença da ejaculação. Orgasmo e ejaculação são diferentes.


Atualmente somente cerca de 10% a 20% das mulheres no mundo já ejacularam ou vão ejacular nas relações sexuais, e esse fato está associado ao autoconhecimento da mulher com o próprio corpo. Além do autoconhecimento, os tabus gerados pela sociedade, compreensão de que organismos são diferentes e a indústria pornografia também contribuiu para a imagem errada sobre ejaculação feminina.


Portanto, nada de cobrança: tenha paciência, conheça e ame seu corpo, pois ele é o seu templo sagrado. A massagem tântrica pode te ajudar nesse caminho de autoconhecimento, conduzindo com muito amor e prazer pleno.


Texto escrito pela Terapeuta Gisele Ady.


Continue evoluindo. Clique aqui e aprenda sobre o Orgasmos Secos.





332 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo