Buscar
  • Ariel

PORNOGRAFIA: VILÃ OU ALIADA?

O índice de consumo de conteúdo erótico tem crescido incessantemente no mundo, a pornografia está educando as pessoas quanto a sexualidade e isso tem causado vários danos na construção do prazer.


A principal problemática nisso é devido um fator neurológico: a formo como um hormônio que se chama dopamina reage no nosso corpo. A dopamina funciona através de um sistema de recompensa, ela busca sempre o mínimo de esforço para o máximo de recompensa, sendo ela o mesmo neurotransmissor que é responsável pelos vícios, ela vai exigindo cada vez mais para se sentir saciada.


Quando este tipo de conteúdo é consumido a nossa mente está fantasiando, saindo das sensações para buscar uma satisfação, idealizando o que não está presente, atingindo assim um prazer psicogênico que acontece do pescoço para cima, trazendo uma diminuição do poder de fantasiar livremente e uma desconexão do nosso corpo.


A pornografia interfere no nível de prazer das pessoas, nos relacionamentos reais desenvolvendo uma baixa sensibilidade tanto para homens quanto para mulheres, uma falta de sensibilidade física, emocional e neurológica. Normalmente temos a impressão de que a pornografia expande nosso prazer, mas na verdade ela diminui ou nos limita. Pois nos leva somente até um certo nível. Diferente do nosso corpo que nos leva para jornadas que vão muito além, estados orgásticos que os vídeos nunca conseguirão levar.


Te convidamos para um caminho de retorno para o corpo e te ajudamos a desenvolver sua capacidade orgástica, sustentando o prazer abrindo e criando espaço. Abra mão desse prazer limitado que você conhece, pode parecer incrível, porém te garanto que na jornada tântrica você despertará para algo muito além.


Se conheça, se permita, vem com a gente : ).


Texto escrito pela Terapeuta Suellen (Surya).


Vamos continuar evoluindo. Não perca tempo e aprenda agora 8 Dicas Infalíveis no Sexo Tântrico



133 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo